AS PROFECIAS DO PROFETA MOHAMMAD NA BÍBLIA PARTE 2

Ir em baixo

AS PROFECIAS DO PROFETA MOHAMMAD NA BÍBLIA PARTE 2

Mensagem por Admin em Sab Jul 08, 2017 11:54 pm

PAGINA ANTERIOR: PROFECIAS DO PROFETA MUHAMMAD NA BÍBLIA PARTE 1
http://islam-moz.forumotion.eu/t28-a-profecia-do-profeta-muhammad-na-biblia#28

CONTINUANDO:
PROFECIAS DO PROFETA MUHAMMAD NA BÍBLIA PARTE 2


Na cronologia encontrada no Livro de Génesis, mesmo antes dos filhos de Abraão nascerem, Deus lhe fez uma promessa importante:
“E Eu vos tornarei uma grande nação, e abençoar-vos-ei, e vosso nome tornarei grandioso; e vós sereis uma benção. E Eu abençoarei os que vos abençoam: e em vós todas as famílias do mundo serão abençoadas.” (Gen. 12:2-3)

Num capítulo posterior no Livro de Génesis (Gen. 16) somos informados de que Sarah, esperando que uma segunda esposa pudesse dar filhos ao seu marido, deu a Abraão uma escrava (Hagar) para que este a tornasse sua esposa.

Hagar deu à luz o primeiro filho de Abraão, cujo nome Ismael (que a paz esteja com ele), que signfica “Deus ouve”, foi dado pelos anjos (Gen. 16:11).

Durante os quatorze anos seguintes, Ismael foi o filho único de Abraão.
Depois do nascimento de Ismael e antes do nascimento de Isaac, a promessa de Deus, de abençoar as famílias do mundo através dos descendentes de Abraão, foi repetida:

“Quanto a mim, o meu pacto é convosco, e vós sereis o pai de várias nações.”(Gen. 17:4)

Uma outra surpresa estava à espera de Abraão. Na sua velhice, sua primeira esposa Sarah estava por lhe dar o seu segundo filho, Isaac (que a paz esteja com ele) (Gen. 21:5).

A Bíblia narra que, cheia de ciúmes, Sarah pede que Abraão expulse Ismael e sua mãe Hagar, tendo estes que viver no deserto de “PARAN” (Gen. 21:21).

A promessa de Deus de abençoar os descendentes de Abraão foi de fato cumprida. Através de Isaac, o segundo filho de Abraão, dos quais vieram os profetas israelitas, incluindo Jacó, José, Moisés, Davi, Salomão e Jesus (que a paz esteja com todos eles), o último profeta israelita.

O cumprimento da promessa de Deus pelo ramo israelita de Abraão está muito claro e demasiadamente articulado na Bíblia.

COMO A PROMESSA FOI CUMPRIDA PELO RAMO ISMAELITA DA ÁRVORE GENEALÓGICA DE ABRAÃO?

ELA FOI DE FATO CUMPRIDA? Ou

AINDA ESTÁ POR SER CUMPRIDA?

Para começar, Deus nao esquece nem volta atrás em Suas promessas. É interessante notar que, enquanto a Bíblia contêm detalhes elaborados sobre o ramo israelita, o ramo ismaelita é virtualmente ignorado.
Com a exceção de algumas referências esporádicas, os ismaelitas são virtualmente omitidos na Bíblia.

Se aceitarmos o fato de que Deus não volta atrás em Suas promessas (um pré-requisito de fé para qualquer crente em Deus), temos duas possibilidades:

1ª) que tal promessa de benção já foi cumprida através dos profetas Israelitas:

2ª) que a promessa ainda está por ser cumprida.

É fato bem conhecido que o último grande profeta do monoteísmo, o Profeta Mohammed, cujos seguidores constituem um quinto da população mundial, é um descendente de Ismael.

Após serem abençoados como os descendentes de Isaac, os israelitas, durante séculos na liderança espiritual e depois de muito errarem e se revoltarem contra Deus, tiveram uma derradeira chance, através da missão do último profeta israelita, Jesus. Após Jesus ter sido rejeitado, já era tempo de que a promessa de Deus fosse cumprida: a promessa de fazer dos ismaelitas, até então obscuros, uma grande nação, por intermédio da missão do Profeta Mohammed, um descendente de Abraão, pelo lado de Ismael.

A mudança da liderança espiritual e profética para o ramo ismaelita dos descendentes de Abraão finalizou o cumprimento da promessa de Deus, de séculos antes, de abençoar as famílias do mundo através de Abraão, o pai de monoteísmo e patriarca respeitado por judeus, cristãos e muçulmanos.

Para qualquer mente imparcial, a evidência acima é suficiente para ilustrar a conexão entre os grandes profetas como Abraão, Isaac, Ismael, Moisés, Jesus e Mohammed.

SE AS PROFECIAS SOBRE O ADVENTO DO PROFETA MOHAMMED SÃO TÃO ÓBVIAS, COMO É QUE MILHÕES DE LEITORES DA BÍBLIA NÃO PUDERAM CHEGAR À MESMA CONCLUSÃO?

Deixando de lado outras razões, por enquanto, parece que uma combinação de noções e interpretações errôneas são responsáveis, em parte, por esta situação. Vamos agora analisar algumas destas noções.

OBJEÇÃO À INCLUSÃO DE ISMAEL NO PACTO ENTRE DEUS E ABRAÃO

Ismael e seus descendentes foram excluídos do pacto e da promessa de Deus?

Apesar de errada, uma resposta comum a esta pergunta é sim, e para qual são apresentadas várias razões a mencionar:

a) Ismael não era um filho legítimo de Abraão.

De acordo com os comentaristas do The Interpreter’s Bible:
“Assim como Isaac, Ismael é um descendente de Abraão; mas Isaac é o filho prometido, nascido de Sarah a verdadeira esposa, enquanto Ismael nasceu de uma escrava. Apesar de se originar de Abraão, era certo que ele fosse separado do filho legítimo”

Este argumento não pode ser aceito, lógica ou moralmente, nem mesmo baseado nas versões da Bíblia. O estado de escravidão de Hagar impediu-a de se tornar uma esposa legítima de Abraão?

Por que ela não foi uma esposa “verdadeira”?

E se ela não foi uma esposa “verdadeira” como Sarah, que tipo esposa ela foi?

O texto da Bíblia, apesar da possibilidade de inserções e alterações, não afirma tal fato.

Em Génesis 16:3, Hagar é descrita como esposa de Abraão.

Se Hagar foi uma esposa legítima de Abraão (Gen16:3), não há razão alguma para se duvidar da legitimidade de seu filho Ismael. De fato, a Bíblia se refere a Ismael como a semente de Abraão, o primeiro filho de Abraão.

Mesmo que Hagar fosse uma escrava, isto afetaria os direitos e privilégios do seu filho Ismael?

A resposta está na Bíblia: na tradição hebraica, o primogénito era honrado em dobro, inclusive na herança, e este direito não podia ser alterado devido à condição da mãe.

No Interpreter’s Bible, lemos o seguinte comentário do verso 21:15-17, em Deuteronômio:
“Entretanto, a lei da primogenitura tinha uma sanção antiga, e ainda que fosse aceita, a justiça exigia que o simples favoritismo não devia permitir que o filho mais velho fosse privado de seus direitos”

Deve-se notar que Deus não endossa as atitudes humanas de superioridade ou exclusivismo étnico ou racial, e muito menos o ato de inferiorizar qualidades espirituais e físicas da humanidade, por causa de um infeliz estado de escravidão. O sofisma da posição inferior de Ismael devido à posição social inferior de sua mãe não só contraria a lei judaica (por exemplo Deut. 21:15-17), mas também a natureza moral, humanista e universal da revelação de Deus.

segunda razão:
b) Somente Isaac foi o filho incluído na promessa e pacto com Deus.

Algumas vezes os seguintes versículos do Livro de Génesis são referidos:
“Mas o Meu Pacto será estabelecido com Isaac” (Gen. 17:2)

“Pois sua semente será chamada em Isaac”(Gen. 21:12)

Uma questão interessante surge aqui: Será possível que o(s) escritor(es) deste livro (Génesis), sendo israelita(s), tenham inserido tais afirmações para favorecer sua própria tribo?

De acordo com The Interpreter’s Bible:
“Vários israelitas não queriam um Deus que também fosse Deus de todas as nações do mundo. Eles não queriam um que fosse imparcialmente Sagrado. Eles queriam um Deus que fosse parcial com eles. Então lê-se em Deuteronômio as ordens para a completa exterminação dos povos da Palestina que não fossem israelitas (Deut. 7:2) e para a realização desta injunção leia-se as rígidas sentenças em Deut. 20:10-17[16].”

A possibilidade de inserções no texto considerado revelação “original” é um fato que muitos estudiosos da Bíblia admitem prontamente, inclusive aqueles que são zelosos fiéis do cristianismo, como os editores e colaboradores do Interpreter’s Bible.

Por exemplo, é possível que a palavra “egípcia”, que aparece em Génesis 16:3, referindo-se à Hagar, seja uma inserção, pois Hagar era, na verdade, beduína, e não egípcia.

A possibilidade, ou mesmo a probabilidade, de inserções em Gen. 17:21 e 21:12, não excluem Ismael conclusivamente da promessa e pacto com Deus.
Os dois versículos podem ser considerados como referências ao futuro “próximo” que se estendeu através dos séculos, durante os quais o pacto com Deus e as sementes da missão profética estavam basicamente no ramo israelita da família de Abraão. Tal limitação, entretanto, não implica na exclusão definitiva dos descendentes de Ismael. Ao examinar estes dois versículos (Gen. 17:21 e 21:12)

no contexto de outros versículos do mesmo livro, fica evidente que os ismaelitas foram incluídos na promessa de Deus e Seu pacto com Abraão: i) O pacto de Deus com Abraão foi feito antes dele ter filhos (Gen. 12:2-3).

Isto foi reiterado depois do nascimento de Ismael e antes do nascimento de Isaac (Gen. 17:4)[19] ii)

Apesar de Gen. 21:12 indicar que a semente de Abraão germinará através de Isaac, o versículo seguinte (Gen. 21:13) refere-se a Ismael como a semente de Abraão; iii)

Ismael é especificamente abençoado da mesma forma que Isaac o foi no mesmo livro (Génesis), estando, portanto, incluído na promessa de Deus.
“ … do filho da escrava (i.e., Ismael) farei uma grande nação pois ele é sua semente” (Gen. 21:13)

A promessa acima foi mais tarde confirmada nos versículos seguintes:

“Levante, carregue o menino, e o segure na sua mão; pois eu o farei uma grande nação.” (Gen. 21:18)

É provável que quando Deus fala de “grandiosidade”, Ele não se refira simplesmente a números. O Seu critério de “grandiosidade” é baseado em fé, herança espiritual e liderança religiosa.

Por: Jamal Badawi
Traduzido por: Hasina Abdu e revisado por Mônica Muniz.
editado por: Anacleto Bebane (Abdul Fatah)

PARTE 2

ASEGUIR PROFECIAS DO PROFETA MUHAMMAD NA BÍBLIA PARTE 3

http://islam-moz.forumotion.eu/t30-profecias-do-profeta-muhammad-na-biblia-parte-3#30

_________________
o Nabi MUHAMMAD Sualallah alei wa salam disse Partilhem de mim nem que seja um Ayat versículo.

_________________
por: Anacleto Bebane (Abdul Fatah)

Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 31
Localização : MAPUTO ( Moçambique)

Ver perfil do usuário http://islam-moz.forumotion.eu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum